Esta calculadora de regras eempíricas pode ser utilizada para calcular a porção de qualidades que caem dentro de um número predefinido de desvios padrão em relação à média. Além disso, ela traça um diagrama dos resultados. Essencialmente introduza a média (M) e o desvio padrão (SD), e clique na captura “Figura” para criar as percepções.

A Regra Empírica

A Regra Empírica, também conhecida como regra dos três sigma ou regra 68-95-99.7, representa um guia de alto nível que pode ser usado para estimar a proporção de uma distribuição normal que pode ser encontrada dentro de 1, 2, ou 3 desvios padrão da média. De acordo com esta regra, se a população de um dado conjunto de dados segue uma distribuição normal em forma de sino em termos da média da população (M) e do desvio padrão (DP), então o seguinte é verdadeiro para os dados:

Estima-se que 68% dos dados dentro do conjunto estão posicionados dentro de um desvio padrão da média, ou seja, 68% está dentro da faixa [M – SD, M + SD].

Uma estimativa de 95% dos dados dentro do conjunto está posicionado dentro de dois desvios padrão da média; ou seja, 95% está dentro da faixa [M – 2SD, M + 2SD].

Estima-se que 97,7% dos dados dentro do conjunto está posicionado dentro de três desvios padrão da média, ou seja, 99,7% está dentro da faixa [M – 3SD, M + 3SD].

Exemplo

Dar’ aos resultados de um teste uma chance de seguir uma apropriação moldada por um ringer que tem uma média de 100 e um desvio padrão de 16. Que nível dos indivíduos que terminaram o teste obtiveram uma pontuação algures na faixa dos 68 e 132?

Arranjo: 132 – 100 = 32, que é 2(16). Tudo considerado, 132 é 2 desvios padrão para um lado da média. 100 – 68 = 32, que é 2(16). Isto implica uma pontuação de 68 é 2 desvios-padrão para um lado da média. Como 68 a 132 está dentro de 2 desvios padrão da média, 95% dos membros do teste atingiram uma pontuação de algum lugar na faixa de 68 e 132.