A tecnologia tem soluções para a maioria dos nossos problemas que nem sequer sabemos se existiam. Quando tomamos decisões, precisamos de dados precisos para analisar antes de podermos gerar resultados positivos. Para obter dados precisos, precisamos de informação relevante da Internet das coisas ou IOT e da capacidade de a analisar. Todas as actividades que realizamos na Internet são valiosas para a geração de informação. Tais informações e dados brutos são grandes dados

O que são os grandes dados

Grandes dados estavam disponíveis antes mesmo de encontrarmos um termo para tal. Cada empresa recolhe várias informações sobre os seus empregados, tais como a sua assistência, desempenho, horário, etc., para avaliar os seus esforços e produtividade. Podem também comparar os seus empregados com base no desempenho e decidir o melhor desempenho do mês.
Agora, imaginem isto a uma escala muito maior e a nível global. Para cada actividade que realizamos na Internet, os websites recolhem estes dados em enormes quantidades para observar o comportamento humano e outras informações importantes. Em suma, grandes dados são os dados colectivos provenientes de uma variedade de IOT e fontes, em enormes volumes e com maior velocidade.

Três Vs comuns de grandes dados

Com grandes dados, podemos abrir portas a novas oportunidades e responder a perguntas complexas. Para compreender o conceito ainda melhor, dividimos as propriedades dos grandes dados em três termos comuns. Estes três Vs vão ajudar-nos a compreender porque é que os grandes dados são diferentes do método tradicional de recolha de dados e como medir os dados. Os três “Vs” de Grandes Dados são:

1. Volume

O volume de dados que é armazenado a cada segundo é mais do que podemos imaginar. Por exemplo, imagine quantas fotografias tem nos seus perfis do Facebook. Imagine agora quantas fotografias os utilizadores do Facebook carregaram no terceiro trimestre de 2020. Mais de 2,7 milhões de utilizadores estiveram activos no Facebook durante esta duração (Fonte).

Os dados vêm de todo o mundo através de diferentes canais e plataformas. Hoje, recolhemos 300 vezes mais dados do que em 2005. A quantidade de dados armazenados num único dia é enorme. Cada indivíduo e empresa, indústria e organização, instituição governamental, ou empresa privada, utiliza a Internet para uso pessoal e empresarial. Todos os dados armazenados a cada segundo constituem grandes dados.

2. Velocidade

À medida que os dados crescem e desenvolvemos novas plataformas e estruturas para recolher os dados, estamos agora a ver a informação de forma diferente. Antes de a Internet ser popular, costumávamos recolher e analisar os dados de forma diferente. Esses métodos tradicionais eram lentos e exigiam muito espaço para armazenar mesmo uma pequena quantidade de dados. Desde que mudámos os métodos de recolha de dados, a nossa utilização de informação aumentou. Nos grandes dados, os analistas dependem da velocidade para medir a rapidez com que os dados chegam. Vários recursos ou IOT partilham instantaneamente a informação e armazenam os dados em tempo real. No entanto, muitas fontes de recolha de dados recolhem os dados e partilham-nos em pacotes.

3. Variedade

Anteriormente, costumávamos armazenar dados em papéis. Não tínhamos qualquer presença digital. No entanto, como temos novas opções para recolher dados, é possível encontrar inúmeros recursos. Alguns exemplos incluem posts, imagens, vídeos no Facebook, Instagram, Twitter, e muitas outras plataformas. Depois, temos mensagens, e-mails, notas de voz, folhas de cálculo, etc. Assim, Big Data acumula uma enorme quantidade de dados.

Como Funciona o Big Data

Qualquer tecnologia que utilize ou não utilize está consistentemente a recolher dados do seu lado. Quando partilha uma imagem na Internet ou quando faz compras online, grandes dados acumulam essa informação todos os dias. Os dados incluem quanto navega na Internet, que sítios web visita, em que páginas permanece, quanto tempo leva a percorrer cada página, e o que vê actualmente no seu ecrã. Tudo é recolhido como dados através da Internet sem fios como uma fonte principal. Os grandes dados recolhem maioritariamente os dados em três dos seguintes passos:

  • Integrar

Os grandes dados recolhem dados de várias fontes. Os métodos tradicionais são obsoletos para recolher uma variedade de dados em grandes volumes a uma maior velocidade através da extracção, transformação e carregamento. Existem novas tecnologias e métodos para processar grandes dados com o tamanho de terabytes e petabytes.

  • Gerir

Grandes dados vão para vários locais de armazenamento. A nuvem é a solução mais popular em 2020. A nuvem permite armazenar os dados em qualquer formato e utilizar os dados quando e onde quer que seja necessário. Contudo, pode decidir a partir de diferentes opções para armazenar os seus dados. A razão pela qual a nuvem é popular, uma vez que pode comutar os seus dados e até aceder aos dados a partir de diferentes IoT.

  • Analise

Pode aproveitar os benefícios dos grandes dados para várias tarefas através de insight e outras opções. Veja os seus dados com novos conjuntos de dados, dependendo de como irá utilizar os dados. Faça novas invenções e também preveja o futuro através de várias formas de grandes dados. Além disso, partilhe os seus dados com outros para que possam utilizar os resultados para as suas tarefas.

Vantagens dos grandes dados

Grandes dados ajudam-nos a tomar decisões confiantes, responder a perguntas, prever o futuro e optimizar e compreender o processo de várias actividades através de dados relevantes. Não há uma forma limitada de utilizar os grandes dados. Diferentes indústrias e grupos de pessoas podem beneficiar dos dados de várias maneiras. Além disso, as pessoas ainda estão a explorar e a introduzir novos métodos e técnicas para utilizar os dados das ofertas para os seus benefícios. Aqui estão alguns dos benefícios conhecidos dos grandes dados:

1. Poupar tempo

Grandes dados ajudam a poupar muito tempo no processamento dos dados. Para além disso, é possível gerar insights com apenas alguns cliques. Com Big Data, pode trabalhar de forma eficiente e mais rápida. Anteriormente, as pessoas costumavam gastar muito tempo a pesquisar, recolher, e peneirar os dados. Agora, podem usar esse tempo para simplesmente tomarem decisões. Quando se tem dados, é necessário menos tempo para concluir algo.

2. Redução de custos

Grandes dados ajudam a minimizar o custo e a melhorar a taxa de sucesso do negócio. Pode confiar em várias tecnologias de Grandes Dados para armazenar grandes dados. Estas tecnologias, tais como Hadoop, Tableau, e Amazon Web Services, são produtivas e custam menos do que os métodos tradicionais de recolha e visualização de dados.

3. Desenvolvimento de Novos Produtos e Serviços

Pode compreender o comportamento do consumidor e analisar os seus interesses para encontrar uma solução para os seus problemas através do seu produto ou serviços. Grandes dados apoiam-no com dados precisos sobre o que o seu público-alvo está a experimentar e requer para que possa completar a lacuna do mercado e fornecer uma solução para o seu problema.

4. Resolução de problemas

Pode resolver os seus problemas de clientes e encontrar uma solução para as suas perguntas e dúvidas instantaneamente. Big Data gera os dados recolhidos do mundo. Como os dados são integrados correctamente, pode dividir diferentes resultados para uma melhor compreensão.

5. Compreender o Mercado

Grandes dados ajudam-no a compreender as condições do mercado para que possa tomar decisões eficazes. Também pode prever as hipóteses de sucesso do seu produto ou serviço. Com percepções adequadas e claras, pode compreender a tendência do mercado e também compreender o seu consumidor ou público-alvo.

Conclusão

Big Data e IoT colectivamente podem proporcionar novas oportunidades e invenções no mercado. Todos os dados recolhidos pela tecnologia dos Grandes Dados funcionam através de várias estruturas. É preciso compreender como se pode extrair os dados e construir os conhecimentos através destas aplicações. No entanto, há inúmeras formas de utilizar esses conhecimentos.