Coursera Learner working on a presentation with Coursera logo and
Coursera Learner working on a presentation with Coursera logo and

Programadores e cientistas de dados usam principalmente o termo pseudo-código para tarefas de programação e aprendizagem de máquinas. Através do pseudocódigo, um programador representa seus códigos e sua implementação para estabelecer um algoritmo. Em resumo, pode-se dizer que o pseudocódigo é uma representação de um algoritmo. A principal razão para usar o pseudocódigo é ajudar outro programador a interpretar o código mesmo com pouco conhecimento. O significado literal do pseudocódigo é código falso. Ele representa os códigos de uma forma que até mesmo os leigos podem entender a estrutura do algoritmo.

O algoritmo é uma seqüência construída logicamente para realizar uma ação ou abordagem para resolver um problema específico. Um programador pode resolver inúmeros problemas através da implementação de um algoritmo. Você pode usar expressões verbais naturais ou anotações técnicas para construir um algoritmo. Mas o pseudo-código é a explicação simples ou texto informativo em inglês simples. Ele não inclui nenhuma sintaxe, ao contrário da linguagem de programação. Seu computador não pode interpretar ou compilar este texto, portanto ele só é válido para outros programadores.

Benefícios da utilização do Pseudocódigo

1. Melhora a legibilidade

Há várias situações em que um programador tem que colaborar com diferentes profissionais. Estes podem incluir gerentes, parceiros comerciais, matemáticos, entre outros. Eles podem ter dificuldade para entender a linguagem complexa utilizada na construção do algoritmo. Portanto, o desenvolvedor usará o pseudocódigo em segundo plano para que estes profissionais possam entender. Isto ajuda as pessoas com diferentes profissões a compreenderem a mecânica. Você também pode dizer que o pseudocódigo remove a barreira da linguagem para que um leigo possa compreender o código de forma fácil e eficiente.

2. Simplificar a construção do código

Um programador pode simplificar seu processo de codificação com a ajuda de um pseudo-código. Eles podem começar escrevendo o pseudo-código enquanto constroem o algoritmo. Uma vez que eles considerem o pseudocódigo satisfatório, eles podem convertê-lo em código real com sintaxe. Além disso, convertê-lo através deste processo trará consistência e precisão na codificação.

3. Ponte entre o código e o fluxograma

Os programadores geralmente escrevem o código depois de projetar a idéia em um fluxograma. A conversão às vezes pode ser uma viagem difícil. Adicionando um pseudocódigo entre estas duas etapas, você pode tornar a transição mais suave e rápida. Além disso, o resultado final estará de acordo com sua exigência.

Dicas para escrever Pseudocódigo

Aqui estão algumas dicas para começar a escrever um pseudocódigo:

– Organizando as tarefas em uma seqüência, você pode começar a escrever o pseudo-código.
– Agora escreva uma declaração que defina o objetivo ou meta principal. Por exemplo, use este programa para verificar se o número é par ou ímpar.
– Você deve nomear apropriadamente as convenções. Cada leitor segue as instruções como as vê. Como os leitores podem ter pouco conhecimento sobre os códigos, eles se concentrarão na nomenclatura. Portanto, mantenha o nome distinto e simples.
– Siga o sistema de invólucros adequado. Por exemplo, usar consoantes em maiúsculas, escrever variáveis com minúsculas, e usar CamelCase para métodos.
– Como você não conhece o público que vai ler o pseudo-código que você escreve, você não deve complicá-lo. Elabore o contexto e explique cada passo para o iniciante.
– Siga o mesmo método para escrever estruturas de programação padrão, incluindo “enquanto”, “para”, “se”, “se”, “casos”, como você escreve para programação.
– Certifique-se de que tudo que você escreve como pseudo-código deve ser claro e abrangente. Não apenas você, mas um iniciante completo também pode entender o texto que você escreve.
– Sua técnica de pseudo-escrita deve ser diferente da codificação. Você precisa ser tão simples e compreensível quanto possível para que um leigo possa ter a idéia. Simplesmente evite incluir termos técnicos.

Regras para escrita de Pseudocódigo

Ao escrever o pseudocódigo, cada um tem um estilo diferente. Como o pseudocódigo é para os humanos lerem e não para o computador interpretar, você pode estar mais apresentável. Não há muitas regras que você deve seguir. Entretanto, o principal desafio ao escrever o pseudocódigo é escrever de forma universal, clara e compreensiva. Abaixo você encontrará algumas regras para tornar o pseudocódigo coerente:

– Capitalize suas palavras iniciais.
– Cada linha deve consistir de uma declaração.
– Tente melhorar a legibilidade, mostrar a hierarquia e as construções aninhadas.
– O final das seções multilinhas deve incluir FIM como uma palavra-chave como ENDWHILE ou ENDIF, e outras.
– As declarações de sua linguagem de programação devem ser independentes.
– Não utilize o domínio de nomenclatura da implementação. Ao invés disso, você deve usar o domínio do problema. Por exemplo, você deve adicionar o sobrenome como primeiro nome, em vez de adicionar coletivamente o nome para primeiro e último nome.
– Ele deve ser conciso, simples e legível.

Você pode melhorar a legibilidade de seu pseudocódigo seguindo estas regras. Mantendo estas regras em mente, você pode facilmente reconhecer o pseudocódigo bem escrito de incompreensível.

Conclusão

Muitos programadores com formação em informática podem ter ouvido falar de pseudocódigo, mas apenas alguns poucos entendem o que isso significa. Enquanto aprendem sobre o pseudocódigo, muitos estudantes não conseguem o uso deste texto. Ao perguntar sobre sua importância, eles geralmente perguntam por que escrevem o código duas vezes. Pseudocódigo pode não ser necessário para problemas simples. Entretanto, se você encontrar um problema complexo, você deve escrever o pseudocódigo.

À medida que você desenvolve sua carreira na área, você começará a trabalhar em projetos complicados. É aí que o pseudocódigo facilitará o processo de escrita do código e você poderá identificar facilmente os problemas no projeto. Estes problemas são especialmente prevalecentes durante a fase de desenvolvimento do algoritmo.

Portanto, você pode reduzir os esforços e economizar seu tempo, evitando erros e corrigindo os bugs. Além disso, o pseudocódigo permite que os programadores se comuniquem eficientemente com seus clientes e outras pessoas com diferentes origens. Ele não inclui sintaxe complicada e entrega a idéia de uma maneira simples.

Ao construir um pseudocódigo conciso, claro e direto, você pode implementar facilmente suas idéias. A maioria dos programadores subestima o quão eficaz esta ferramenta pode ser. Se o guia acima foi útil, você agora entende a importância do pseudocódigo. Portanto, comece a utilizá-lo para seus projetos diários.