Engenharia financeira é a aplicação de métodos matemáticos para a solução de problemas em finanças.

É chamada de aritmética monetária, fundo numérico e conta computacional.

O desenho financeiro baseia-se em instrumentos de aritmética aplicada, engenharia de software, insights e hipóteses financeiras.

Bancos de risco, bancos de negócios, investimentos flexíveis, agências de seguros, tesourarias corporativas e escritórios administrativos utilizam projetistas orçamentários.

Estas organizações aplicam as técnicas de construção financeira a questões como melhoria de novos itens, avaliação de proteções subordinadas, organização de carteiras, risco do conselho e recriação da situação.

A investigação quantitativa trouxe progresso, proficiência e meticulosidade aos mercados relacionados com o dinheiro e ao procedimento de especulação.

medida que o ritmo da inovação financeira se acelera, a exigência de indivíduos profundamente qualificados com preparação explícita na concepção monetária continua a desenvolver-se em todas as situações de mercado.