Há décadas que temos vindo a prever uma era de Robôs no Mundo Virtual, mas durante décadas, as pessoas têm estado cépticas. Até há poucos anos, não tinham a certeza se se tornaria ou não uma realidade. Muitos filmes de ficção científica de classe alta, tais como Star Wars, apresentam a colaboração entre humanos e robôs.
Em 2021, se o olharmos através de uma lente realista, o sector médico está a passar por mudanças tecnológicas drásticas. Os robôs tornaram-se uma parte crucial das tarefas de rotina diária, causando um impacto significativo no campo da medicina. Os robôs estão a cuidar de numerosas actividades, tais como fazer pequenas incisões, mostrar uma visão interna do corpo, e visar substâncias perigosas.

Como os Robôs e a Inteligência Artificial podem ajudar

1. Tumores cerebrais

A posição e o tamanho de um tumor cerebral pode causar consequências potencialmente fatais. Quando os pacientes não recebem cuidados e tratamento adequados, podem deparar-se com surdez e sintomas de paralisia facial. O cérebro é uma parte delicada do corpo, e a detecção e remoção precoce do tumor é essencial para ajudar os pacientes a viver um estilo de vida confortável. Os robôs, equipados com inteligência artificial, podem ajudar aqui.

2. Retina

Os olhos estão entre os órgãos mais delicados mas expostos do corpo. Para corrigir a sua visão, muitas pessoas optam por um procedimento cirúrgico. Neste caso, os profissionais de saúde confiam em robôs para realizar tais procedimentos cirúrgicos com uma maior taxa de sucesso.

3. Substituição total do joelho

A artrite pode causar dores graves e afectar a qualidade de vida. É mais comum nos idosos, que já não são capazes de se deslocar livremente e realizar actividades. Os métodos tradicionais para proporcionar conforto eram bastante invasivos e dolorosos. Mas a implementação da tecnologia permitiu a substituição flexível e menos dolorosa das articulações artríticas com um envolvimento humano limitado.

O papel da AR, VR, tecnologia no futuro dos cuidados

Conceitos como Realidade Artificial e Realidade Virtual são ainda bastante novos, e sabemos que há muito para experimentar no futuro. Percebemos recentemente como a RA, VR, pode mudar imensamente a visão informática e a indústria dos cuidados de saúde. Estas tecnologias estão a trazer uma mudança no processo de trabalho de inúmeras maneiras.
A realidade aumentada inclui sensores, câmaras fotográficas, e visor. Este equipamento ajuda a transferir informação no mundo real. Os utilizadores podem ter uma nova perspectiva sobre situações da vida real que não teriam experimentado antes. Com a ajuda de elementos 3D, as indústrias estão a caminhar para projectos maiores.
Por outro lado, a realidade virtual pode proporcionar diferentes experiências aos utilizadores através de jogos e outras cenas do mundo virtual. AR, VR, está também a permitir aos profissionais médicos diagnosticar e tratar os seus pacientes. Os sectores médicos podem agora curar doenças e enfermidades avançadas de formas outrora impossíveis, e o crédito vai para AR, VR.

Como é que a RA e a RV estão a mudar a indústria para sempre?

Com o avanço tecnológico, podemos agora experimentar e incorporar elementos sensoriais à nossa volta através da Realidade Aumentada (RA) e da experiência totalmente imersiva (RV) para a visão e os cuidados de saúde por computador. Aqui estão algumas aplicações de RA, VR:

1. Formação de Cirurgiões

A realidade virtual e a Realidade Aumentada estão a mudar a forma como os profissionais treinam os novos cirurgiões. Esta tecnologia acrescenta valor ao processo de aprendizagem. Além disso, as câmaras VR permitem aos estudantes de medicina assistir a operações ao vivo para que possam compreender o processo de perto.
Não têm de se reunir em torno dos seus professores apenas para ter uma visão do procedimento e ver o que o seu professor está a fazer. Além disso, podem comunicar e fazer perguntas instantâneas, mesmo que não estejam fisicamente disponíveis no teatro de operações.

2. Cura a partir de lesões cerebrais

A Realidade Virtual e a Realidade Aumentada estão a ajudar a criar um ambiente para ajudar os pacientes na recuperação do cérebro. Os pacientes podem realizar todas as actividades sem sair do seu quarto, dando-lhes paz mental. Podem mesmo marcar marcações. Desta forma, podem melhorar a função cognitiva e reconquistar a sua confiança. Além disso, a RA, VR também permite aos especialistas de saúde encontrar a localização exacta que causa a incapacidade de tomar decisões e a perda de memória. Desta forma, os pacientes podem receber um tratamento focalizado.

3. Identificar o cancro em 3D

AR, VR, abordagem à investigação e tratamento do cancro foi um avanço significativo para os profissionais. Os investigadores construíram um modelo 3D de Cancro para inspeccionar as células tumorais a fim de compreenderem melhor a doença. Conseguiram ver as células a partir de diferentes ângulos em profundidade. Com a ajuda do modelo 3D, foram capazes de compreender o Cancro e encontrar tratamentos eficazes.

4. Minimizar a Depressão

AR, VR, e outras tecnologias avançadas estão também a fornecer assistência aos profissionais de saúde mental. A depressão aguda é prejudicial, pois afecta a confiança, a raiva, o humor e o propósito de viver. A realidade aumentada e a realidade artificial proporcionam conforto aos pacientes em sofrimento. Estas terapias reduzem os sintomas da depressão e melhoram a qualidade de vida.

5. Ensinar as crianças com autismo

A realidade virtual está a tornar-se uma excelente ferramenta para numerosas sessões de formação e curvas de aprendizagem para uma melhor compreensão. Os profissionais de visão informática e de saúde estão a utilizar a RV para inventar novas técnicas para educar as crianças sobre competências sociais para se adaptarem à sociedade. A RV permite às crianças ultrapassar fobias e eliminar o medo ao longo das suas vidas.

Futuro da Visão e dos Cuidados de Saúde por Computador

Depois de considerar o avanço, pode prever que a robótica e a telemedicina trabalharão lado a lado para proporcionar um melhor ambiente de telenovela num futuro próximo. A tele-medicina é apenas uma ideia, mas numerosos centros de formação ensinam às enfermeiras como podem controlar os robôs. Depois de implementarem esta abordagem globalmente, os robôs tornar-se-ão os ouvidos, os olhos e o corpo das enfermeiras. Além disso, estão disponíveis novos componentes, tais como sensores de saúde, AR, VR, e redes de comunicação de baixa latência, para melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Conclusão

Embora as tecnologias AR, VR e robótica se encontrem nas fases iniciais de implementação, o campo está preparado para experimentar um desenvolvimento sério. A tecnologia está a mudar drasticamente e a remodelar o campo médico. Muitas grandes organizações estão a trabalhar arduamente para dar vida a aplicações inovadoras. No meio de tudo isto, os profissionais de saúde devem manter-se actualizados com ferramentas e técnicas novas, inovadoras e avançadas. A cada dia que passa, engenheiros e cientistas de dados estão a apresentar novas ideias para utilizar esta tecnologia e tornar o mundo um lugar melhor.