Tem havido muita conversa sobre as várias possibilidades e oportunidades decorrentes da aprendizagem mecânica. Os especialistas acreditam que esta tecnologia pode ser incrivelmente útil para casas, escritórios, armazéns, fábricas, e muitas outras coisas. A tecnologia está a evoluir rapidamente, e termos como aprendizagem profunda, aprendizagem de máquinas e inteligência artificial podem ser perplexos para alguns indivíduos.
Também é uma dessas pessoas? Este guia irá eliminar a sua confusão ao falar sobre os fundamentos da aprendizagem profunda. Discutiremos também alguns exemplos práticos para garantir que compreende completamente a tecnologia de aprendizagem profunda.


Aprendizagem Profunda – O que é isso?

Muitos de vós que lêem este guia sabem muito provavelmente sobre inteligência artificial. A tecnologia pode permitir que as máquinas executem tarefas que normalmente requerem conhecimento humano. Ela envolve a aprendizagem de máquinas, uma vez que alguns dispositivos podem compreender pela experiência e reunir competências com pouco ou nenhum envolvimento humano.
Seria justo afirmar que a aprendizagem profunda é um subconjunto de aprendizagem de máquinas onde as redes artificiais (neurais) e os algoritmos aprendem grandes quantidades de dados inspirados pelo ser humano. Os algoritmos de aprendizagem profunda são bastante semelhantes aos seres humanos porque também podem aprender com a experiência. Ao fazê-lo, podem realizar tarefas repetitivas. Podem fazer alguns ajustes e alterações até obterem o resultado desejado.
Os especialistas utilizam o termo cunhado “aprendizagem profunda” por uma razão particular. O algoritmo contém uma multiplicidade de camadas profundas que ajudam no processo de aprendizagem. Quase todos os problemas precisam de ser pensados para se encontrar uma solução. A aprendizagem profunda utiliza a mesma estratégia e é capaz de aprender quase tudo. Naturalmente, não pode fazer tudo o que podemos, a não ser esperar que esta tecnologia se torne mais sofisticada em breve.
Ficaria surpreendido se visse a elevada quantidade de dados gerados todos os dias. Várias pesquisas sugerem que o mundo faz quase três quintilhões de bytes por dia. É uma razão significativa pela qual é possível uma aprendizagem profunda. Os algoritmos baseados na aprendizagem profunda requerem toneladas de dados para compreender novos conceitos e evoluir, para aqueles que não sabem. O rápido aumento da criação de dados é uma razão maciça por detrás do recente crescimento das características e capacidades de aprendizagem profunda.
Para além da presença de dados adicionais, os algoritmos de aprendizagem profunda tiram partido dos modernos poderes informáticos devido à proliferação da Inteligência Artificial como um serviço. Julgar A.I apenas como um serviço tem sido notavelmente benéfico para as organizações. Porquê? Porque as empresas têm acesso fácil a esta tecnologia. Além disso, as organizações podem adquirir os algoritmos de Inteligência Artificial necessários para uma aprendizagem profunda sem grandes investimentos.
A Inteligência Artificial de aprendizagem profunda permite às máquinas encontrar soluções precisas para problemas complexos, apesar de utilizarem conjuntos de dados interligados, não estruturados e diversos. Como discutido anteriormente, os algoritmos de aprendizagem profunda evoluem através da aprendizagem. Portanto, seria melhor expô-los a novas ideias para melhorar o desempenho do algoritmo.


Compreender a Aprendizagem Profunda através de exemplos

Vivemos numa época em que as máquinas podem resolver problemas complicados sem interferência humana. Deve estar a perguntar-se quais são exactamente os problemas que eles estão a resolver. Discutamos algumas das tarefas que suportam a aprendizagem profunda da I.A. de hoje. No entanto, tenha em mente que a lista se tornará mais longa, uma vez que os algoritmos evoluirão com a sua exposição a novos dados.


Traduções

Algoritmos de aprendizagem profunda fornecem traduções automáticas entre várias línguas. É uma excelente característica para funcionários governamentais, empresários, viajantes, e qualquer pessoa que viaja frequentemente.


Assistentes Virtuais

Quer seja Cortana, Siri, ou Alexa, a maioria dos prestadores de serviços online têm assistentes virtuais que utilizam a aprendizagem profunda para compreender a linguagem humana e falar para responder aos nossos comandos. Não seríamos capazes de interagir com estes assistentes sem a aprendizagem profunda da língua A.I.

Colorização da imagem

A transformação de imagens brancas e negras costumava ser uma tarefa complexa. Requeria horas, e por vezes dias, para completar a colorização da imagem pela mão humana. Hoje em dia as coisas são muito diferentes, pois os algoritmos de aprendizagem profunda podem utilizar os objectos e o contexto em imagens e vídeos para os colorir e recriar fotos e footages brancos e pretos a cores. Ficaria surpreendido se visse os resultados precisos e impressionantes.

Reconhecimento Facial

Numerosas organizações, especialmente de técnicos, estão a utilizar uma aprendizagem profunda para o reconhecimento facial. Trata-se de uma tecnologia única para simplificar a segurança, pois ajuda a reconhecer rostos familiares na sua alimentação de dados. Aplicações de redes sociais como Instagram, Snapchat, e Facebook utilizam a aprendizagem profunda para etiquetar pessoas em imagens. Alguns especialistas prevêem que poderíamos comprar artigos em lojas online, bastando para isso mostrar os nossos rostos em poucas décadas.
No entanto, os algoritmos de aprendizagem profunda ainda enfrentam alguns desafios. A A.I. não reconhece pessoas com barba rapada, penteados alterados, e várias outras diferenças. Pode mesmo manipular a aprendizagem profunda se as suas imagens contiverem obstruções ou má iluminação. No entanto, estas questões podem desaparecer rapidamente à medida que esta tecnologia se vai tornando mais sofisticada a cada dia.

Entretenimento e Compras Personalizadas

É um utilizador ávido da Netflix? É muito provável que se pergunte como é que ele lhe sugere filmes ou programas de televisão ou como é que a Amazon sabe exactamente o que lhe deve recomendar. O que é mais surpreendente é que estas recomendações fazem muitas vezes sentido. Estas plataformas utilizam algoritmos de aprendizagem profunda altamente complexos para lhe proporcionar uma melhor experiência.
Quanto mais profundos forem os algoritmos de aprendizagem, melhor será o seu desempenho. Espere que esta tecnologia ofereça sugestões semelhantes às humanas e desempenhe funções que nenhuma outra tecnologia poderia replicar.


Automóveis Autónomos, Drones, e Camiões de Entrega Sem Condutor

Os carros auto-conduzidos retratados nos filmes de ficção científica estão a tornar-se realidade. Alguns veículos podem compreender sinais de paragem, mapas, e vários outros elementos relacionados com a condução, o que só é possível devido aos algoritmos de aprendizagem profunda. Os algoritmos evoluem à medida que recebem mais dados. Como mencionado anteriormente, esta tecnologia está a ganhar capacidades de processamento semelhantes às humanas, uma vez que também pode reconhecer um sinal de paragem sufocado pela neve.


Farmacêuticos e Medicina

Desde diagnósticos tumorais, várias doenças, a medicamentos personalizados feitos especialmente com base no genoma de cada paciente; uma aprendizagem profunda pode proporcionar muitos benefícios às empresas médicas e farmacêuticas. Hospitais e clínicas de alto nível estão também a incorporar esta tecnologia, uma vez que ajuda a simplificar os seus procedimentos desordenados.

Bots de Serviço e Chat

Service e chatbots são ferramentas úteis para as empresas. Porquê? Porque são ideais para prestar um serviço eficiente ao cliente, respondendo atempadamente às queixas e consultas das pessoas. A aprendizagem profunda torna estes bots mais sofisticados, ajudando-os a fornecer respostas úteis e inteligentes a questões baseadas em áudio e texto.